Foto: Bruno Vasconcelos
Por Sam Oliver
 
Na manhã desta segunda-feira (14),os professores da Rede Pública do Município fizeram uma manifestação pacífica porque não estão recebendo o salário  normalmente há meses.
 
De acordo com Iara Pimentel, representante do Sind-EducaMoc, os educadores já estão mobilizados desde o dia 10 de dezembro, devido aos atrasos nos pagamentos dos profissionais pela Prefeitura e que a manifestação é a única forma que eles tem de serem ouvidos. A esperança dos educadores é de que a população apoie a luta deles que vem desde muito tempo.
 
Eles se concentraram inicialmente na Praça Doutor Carlos, região central de Montes Claros, em frente ao Shopping Popular, com várias faixas, apitos, megafone e em alta voz reivindicavam seus direitos.
 
Depois de um tempo, o grupo se deslocou até o prédio da Prefeitura Municipal e por cerca de 30 minutos fizeram um protesto pacífico no local. Depois disso, foram em direção ao prédio da Promotoria de Justiça para formalizarem suas reivindicações. Representantes do grupo de professores entraram em reunião com a Promotoria de Justiça para resolver a situação dos profissionais.
 
Os professores redigiram à punho uma denúncia acerca da situação e fazendo todas as reivindicações, relatando diversas situações de profissionais que necessitam urgentemente do dinheiro do salário. Agora, eles aguardam alguma mudança na atual situação. Durante toda a manifestação não houve nenhum problema e o protesto seguiu pacificamente até o final.
 
Em nota, a assessoria da Prefeitura Municipal de Montes Claros disse: “O Município de Montes Claros está fazendo o possível para resolver a situação dos professores, tendo pagado os salários de novembro e o 13° com recursos próprios e mantendo contato direto com o governo estadual. Porém, o pagamento dos salários de dezembro dependem dos repasses do Fundeb, que ainda não foram feitos pelo Estado.”