Foto: AFP/F. Coffrini
Por: Wellington Santos
 
Um dia após atingir a marca de 10 milhões de infectados e 500 mil mortos pela Covid-19 no mundo, segundo levantamento da Universidade Johns Hopkins, o diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS) Tedros Adhanom Ghebreyesus, alertou nesta segunda-feira (29) que o “pior ainda está por vir”  e que a pandemia ainda está longe do fim.
Todos nós queremos que isso acabe. Todos queremos continuar com nossas vidas. Mas a dura realidade é que isso não está nem perto de terminar. Embora muitos países tenham feito algum progresso globalmente, a pandemia está realmente acelerando. A maioria das pessoas permanece suscetível, o vírus ainda tem muito espaço para se movimentar”. alertou o diretor da OMS
Já o chefe do programa de emergências da OMS, Mike Ryan usou um tom mais otimista, empolgado com os progressos para a criação de vacina segura e eficaz que previna a doença, mas lembrou que ainda não tem a garantia de que o esforço conjunto será bem-sucedido.
 
No último sábado, o Ministério da Saúde anunciou que em parceria com Universidade de Oxford, a produção de 30,4 milhões de doses contra a Covid-19, um investimento de 127 milhões de dólares. Serão dois lotes de vacinas, o primeiro deve ser produzido em dezembro  deste ano, e o segundo pela Bio-Manguinhos em janeiro de 2021.